O que as Olimpíadas no Brasil pode nos ensinar sobre Segurança do Trabalho


Em maio deste ano, a UOL Notícias publicou uma matéria sobre a interdição de parte das obras olímpicas no Rio de Janeiro. O motivo, como não é surpresa para muita gente, foi a falta de condições de trabalho e segurança.

As obras foram interrompidas nas construções do Parque Olímpico e na Vila dos Atletas após uma vistoria, na qual o superintendente regional do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), Robson Leite, relatou o seguinte: “Encontramos uma série de irregularidades, como falta de equipamento de proteção individual, trabalhadores em condições de extremo perigo ou sem contrato.”

Essa declaração deixa claro que não houve sequer nenhum tipo de prevenção ou um mapeamento de riscos com antecedência. Até o momento, já foram registradas 11 mortes somente nas obras dos edifícios olímpicos, o que assusta. Para se ter uma ideia da gravidade e frequência que isso ocorre, durante as obras para a Copa do Mundo de 2014, foram oito mortes, inclusive as relacionadas à construção das infraestruturas.

 

É preciso levar a Segurança do Trabalho a sério

É preciso levar a Segurança do Trabalho a sério.

É preciso levar a Segurança do Trabalho a sério!

Em um evento com o porte que a Olimpíada possui, isso é algo que jamais poderia ter acontecido ou deveria estar acontecendo. Claro, em nenhum outro evento, mesmo de menor escala, é aceitável que aconteça. Porém, muitas pessoas parecem ainda não ter compreendido a importância de se avaliar os riscos e implementar medidas de segurança que visam manter a integridade física e psicológica das equipes de trabalhadores.

 

Como o próprio superintendente deixou claro, o objetivo nunca foi atrapalhar o evento, mas sim promover a segurança dos trabalhadores e, obviamente, da própria população e de todos que estão atravessando o mundo para assistir à Olimpíada no Rio.

 

Portanto, mesmo que o Comitê Rio 2016 e a Fundação Geo-Rio tenham tomado as devidas providências na época, é indiscutível que tudo poderia ter sido evitado com um bom gerenciamento de riscos e prevenção de acidentes – questões fundamentas dentro da Segurança do Trabalho. Tratamos este assunto com mais detalhes no artigo Utilização de sistemas de informação para análise de resultados em saúde e segurança do trabalho.

Fonte: UOL Notícias

botao-motivar-treinamento

 

 

 

 

 

 

 

Autor: Reginaldo Pedreira Lapa
Engenheiro de Minas e de Segurança do Trabalho
Diretor da RISKEX

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *