O planejamento da investigação já começou de fato no processo anterior, quando a ferramenta de análise das causas foi selecionada. Dando sequência ao processo de planejamento, a primeira ação é analisar as evidências coletadas na etapa de ações imediatas, quando se formará uma ideia do que ocorreu. Esta análise servirá também para definir a necessidade de coleta de dados e para distribuir atribuições e responsabilidades entre os membros do grupo durante a investigação.

Continuando a sequência do ritual de investigação de incidentes:

Figura 1 – O ritual de aprendizado com o incidente

Uma visita ao local do evento deve ser planejada para estabelecer o contato formal da equipe de investigação com o pessoal operacional. É importante lembrar que alguns eventos requerem interdição do local por organismos reguladores, de modo que as visitas devem ser planejadas, considerando a necessidade de liberação do local e da operação, quando isto ocorrer.

Além disso, nem sempre os membros do grupo de investigação de acidente estão familiarizados com a operação e tarefas nos quais o evento indesejado ocorreu. Assim sendo, informações sobre esse tema devem ser colhidas de modo a preparar a equipe para compreender os fatos e as evidências já disponíveis e, mesmo, para o início da coleta de dados. Leia mais em nosso artigo sobre “Como investigar um acidente de trabalho?”

Da mesma forma, o Investigador líder deve estar preocupado com a integridade das pessoas que fazem parte do grupo e, assim sendo, as regras, protocolos, procedimentos de segurança e equipamentos de proteção necessários devem ser elencados, providenciados para a ocasião da visita e mesmo da coleta de dados em campo, os quais fazem parte do planejamento da investigação.

É recomendável neste processo que seja elaborado um plano de trabalho, indicando o que fazer, quem será o responsável por cada tarefa da investigação, quais serão os produtos que cada membro deve entregar, as datas limites de entrega, as datas das reuniões de alinhamento de informações e a previsão de conclusão do trabalho de investigação, desde a coleta de dados até o envio do relatório final da investigação.

É parte da atribuição do Investigador líder planejar a logística do grupo para o acesso às áreas onde haverá visita e coleta de evidências. O processo de planejamento da investigação é apresentado na figura 1.

planejamento de investigação de incidentes

Figura 1– Processo de planejamento da investigação

 

Em se tratando de um ritual e considerando que as ações do aprendizado para com o incidente deve ser registrada, observe os documentos e registros pertinentes a esta etapa, indicados na figura 1

No próximo artigo abordaremos a etapa 5 do ritual de aprendizado para com o incidente –  A coleta de dados para a condução da investigação do incidente.

Autor : Reginaldo Pedreira Lapa
Engenheiro de Minas e de Segurança do Trabalho

Fonte: Lapa, Reginaldo Pedreira. Investigação e Análise de Incidentes, Editora Edicon, São Paulo, 2011

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *